segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Livro: 'Hotelaria e desenvolvimento urbano em São Paulo: 150 anos de história' será lançado dia 23 de setembro no Secovi-SP


Capa do livro para referência

Tópico 0921

Nos primeiros anos do século XIX, São Paulo não possuía estabelecimentos hoteleiros e contava com apenas dois restaurantes para servir aos viajantes. Naquela futura metrópole, os hotéis só começaram a ganhar importância quando a cidade iniciou seu processo de expansão urbana, acompanhado de crescimento socioeconômico, no início do século XX.

A expansão da rede hoteleira não apenas acompanhou o crescimento da capital paulista como, em muitos momentos, foi indutora do processo de desenvolvimento.

Resgatar esta história, ainda não contada, foi a tarefa empreendida pelo consultor hoteleiro e vice-presidente de Assuntos Turísticos e Imobiliários do Secovi-SP (Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo), Caio Calfat, e que resultou no livro "Hotelaria e desenvolvimento urbano em São Paulo: 150 anos de história".

A obra tem lançamento marcado para o próximo dia 23/9, a partir das 17 horas, na sede do Secovi-SP , na capital paulista. Parte da arrecadação com a venda dos livros será destinada ao Ampliar, instituição criada pela entidade para atender, na área de educação profissional, jovens e adolescentes em situação de risco social.

Com base em rica e aprofundada pesquisa, o livro mostra por que os últimos 150 anos da hotelaria foram os mais importantes no que tange ao desenvolvimento da cidade. Seja por suas influências nas alterações urbanísticas, arquitetônicas e processos construtivos, ou em razão da evolução socioeconômica e política ocorrida ao longo desse período.


Referências globais

São Paulo é o foco principal, mas o livro também faz importante resgate das origens do turismo e da hotelaria no mundo, com destaque aos empreendimentos referenciais para a o setor, como The Savoy, de Londres, Intercontinental Carlton Cannes, na badalada cidade da França, e o Hotel Negresco, na também francesa Nice. Do Brasil, ganharam espaço meios de hospedagem como os históricos Grande Hotel Termas de Araxá (MG), Quitandinha de Petrópolis (RJ) e o verdadeiro ícone carioca, o Copacabana Palace, entre vários outros.

Além da pesquisa, o conteúdo do livro de Caio Calfat apoia-se em entrevistas com alguns dos mais renomados executivos do setor: Alceu Vezozzo Filho, presidente da rede Bourbon Hotéis & Resorts; Alexandre Gehlen, diretor geral da rede InterCity; Chieko Aoki, CEO da rede Blue Tree Hotels; Jacques Feller, CEO do Grupo Feller Hotéis; Paul J. Sistare, presidente e CEO da Atlantica Hotels; e Paulo Bertero, diretor do Transamérica Hospitality Group. Também concedeu seu depoimento José Eduardo Guinle, consultor de Turismo e filho do fundador do Hotel Copacabana Palace.

"A ideia para o livro surgiu em uma conversa com meu amigo Eduardo Rottmann, há cerca de dez anos. O projeto transformou-se ao longo do tempo, com maior enriquecimento, apresentando os hotéis emblemáticos e traçando paralelos com os momentos sociopolíticos e econômicos em que estavam inseridos. O conteúdo foi construído a partir das pesquisas que venho desenvolvendo nesse período, somadas às realizadas pela equipe da Ricardo Viveiros & Associados - Oficina de Comunicação", explica Caio Calfat.

Com projeto gráfico assinado por Cesar Mangiacavalli, do Brainstorm Estúdio, o livro é rico em imagens históricas, a maior parte delas oriundas da coleção particular de cartões postais de hotéis antigos brasileiros, reunidos há anos pelo autor.

"A obra-prima 'Hotelaria e desenvolvimento urbano em São Paulo: 150 anos de história' vai muito mais longe do que seu título propõe. É com grande maestria que o amigo Caio Calfat aborda as mudanças fundamentais que ocorreram nos setores de turismo e hotelaria no Brasil e, em particular, na cidade de São Paulo", assinala, na apresentação da obra, Caio Luiz de Carvalho, diretor do canal Arte 1, do Grupo Bandeirantes, ex-presidente da São Paulo Turismo (SPTuris), da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur) e ministro do Esporte e Turismo na gestão de Fernando Henrique Cardoso.

"Hotelaria e desenvolvimento urbano em São Paulo: 150 anos de história" também apresenta uma perspectiva de futuro dessa importante atividade econômica para a cidade de São Paulo. Relaciona empreendimentos, apresenta fatos e revela números da complexa e abrangente rede hoteleira da metrópole. "Quem hoje vê os fantásticos resorts instalados no Brasil, que pouco ficam a dever aos existentes em países de Primeiro Mundo, sequer imagina o caminho trilhado até que se alcançasse esse estado de excelência", escreve no prefácio do livro Romeu Chap Chap, ex-presidente do Secovi-SP e coordenador do Núcleo de Altos Temas (NAT) da entidade.

De fato, o livro de Caio Calfat revela que São Paulo abriga algumas das maiores operadoras hoteleiras do mundo: IHG, Hilton, Marriott, Wyndham, Accor, Choice, Starwood, Carlson, Hyatt, entre outras. A capital também responde pelo maior e mais qualificado parque hoteleiro do Brasil, com cerca de 410 hotéis e um total de 42 mil apartamentos, um amplo e diversificado complexo de meios de hospedagem preparado para receber os 13,2 milhões de visitantes que passaram pela cidade em 2013, de acordo com dados do São Paulo Convention & Visitors Bureau.

"Em 2014, passado o maior evento que o Brasil abrigou nos últimos anos, a Copa do Mundo FIFA, novos rumos se desenham para a hotelaria nacional. A tendência, nos próximos anos, é a de aumento substancial da presença das redes hoteleiras em atuação no País", declara Calfat.


Sobre o autor

O engenheiro Caio Calfat, MRICS, é sócio-diretor da Caio Calfat Real Estate Consulting, vice-presidente de Assuntos Turísticos e Imobiliários do Secovi-SP , membro do Conselho de Administração da ADIT - Associação para o Desenvolvimento Imobiliário e Turístico do Brasil, ex-presidente e membro do Conselho Deliberativo Vitalício da LARES - Latin American Real Estate Society, membro do Conselho Consultivo do São Paulo Convention & Visitors Bureau, professor de Planejamento Hoteleiro do MBA Real Estate da FUPAM/FAU-USP e dos cursos de pós-graduação da FIA/ FEA-USP, FAU-Mackenzie, UBS e Universidade Secovi.


CONVITE

Clique na imagem para ampliar



Informações técnicas

"Hotelaria e desenvolvimento urbano em São Paulo: 150 anos de história"

Autor: Caio Calfat. Formato: 23 x 30 cm. Número de páginas: 128

Gênero: Arquitetura e Urbanismo; Hotelaria e Turismo; História

Preço sugerido: R$ 130,00



Fonte: Secovi de São Paulo.



****************************************************************************************************************************

Marcelo Gil é Conciliador e Mediador Judicial capacitado nos termos da Resolução nº 125 de 2010, do Conselho Nacional de Justiça, pela Universidade Católica de Santos. Mediador capacitado para a Resolução de Conflitos Coletivos envolvendo o Poder Público, pela Escola Nacional de Mediação e Conciliação do Ministério da Justiça - ENAM-MJPós-graduado em Docência no Ensino Superior pelo Centro Universitário SENAC. Gestor Ambiental capacitado em Gestão de Recursos Hídricos pelo Programa Nacional de Capacitação de Gestores Ambientais - PNC, do Ministério do Meio Ambiente, inscrito no Conselho Regional de Química da IV Região e no Conselho Regional de Administração de São Paulo. Graduado pela Universidade Católica de Santos, com Menção Honrosa na área ambiental, atribuída pelo Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas - IPECI, pela construção e repercussão internacional do Blog Gestão Ambiental da UNISANTOS. Corretor de Imóveis desde 1998, agraciado com Diploma Ético-Profissional pelo CRECI-SP. Inscrito no Cadastro Nacional de Avaliadores do COFECI. Especialista em Financiamento Imobiliário e Perito em Avaliações Imobiliárias com atuação no Poder Judiciário do Estado de São Paulo. Técnico em Turismo Internacional desde 1999. Pesquisador. Agente Intermediador de Negócios. Associado a Associação Brasileira de Defesa do Consumidor - PROTESTE. Associado ao Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor - IDEC. Membro da Academia Transdisciplinaria Internacional del Ambiente - ATINA. Membro da Estratégia Global Housing para o Ano 2025. Membro do Fórum Urbano Mundial - Urban Gateway. Membro da Rede Social Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis. Membro do Grupo de Pesquisa 'Direito e Biodiversidade' da Universidade Católica de Santos. Membro da Rede de Educação Ambiental da Baixada Santista - REABS. Filiado a Fundação SOS Mata Atlântica e Colaborador do Greenpeace Brasil.


Contato : (11) 97175.2197, (12) 98195.3573, (13) 99747.1006 /// E-mail : marcelo.gil@r7.com

Skype : marcelo.gil2000i /// Facebook : Corretor Marcelo Gil /// Twitter : marcelogil2000i

No GOOGLE procure por Corretor Marcelo Gil.

Per fas et nefas, Laus Deo !!!


****************************************************************************************************************************

Link desta postagem ;

             
****************************************************************************************************************************

Um comentário:

  1. Conheça todos os tópicos publicados.

    Acesse: www.marcelogil2000i.blogspot.com

    ResponderExcluir