quarta-feira, 16 de julho de 2014

Dez maneiras de deixar a casa acolhedora mesmo morando de aluguel


Imagem ilustrativa - rede



O Rio, como toda cidade cosmopolita, tem um fluxo intenso de gente indo e vindo a todo instante. Seja para estudar, trabalhar ou "turistar", pessoas de todos os cantos do Brasil ou de outros países chegam e partem e, claro, precisam de um lugar para morar nesse meio-tempo.

Dizem por aí que "lar é onde o coração está". Partindo desta premissa comum aos viajantes, a arquiteta Eliane Fiuza e a consultora de decoração do blog Apezinho, Simone Collet, ajudaram o Morar Bem a selecionar algumas dicas práticas (e mais em conta) para você, morador temporário, investir na decoração de sua casa para deixá-la acolhedora.

01. Almofadas

"Não é um grande investimento, mas elas vestem a decoração e deixam a casa aconchegante", diz a arquiteta Eliane, que explica que as almofadas são peças coringas tanto para o quarto quanto para a sala. A consultora Simone Collet sugere usá-las coloridas, pois as cores ajudam a dar um up no ambiente: "A ideia é criar camadas sobre o decór basicão que predomina nos imóveis de aluguel para temporada".


02. Adesivos

Esta é uma ótima opção para quem quiser realçar a parede. Ao contrário do papel de parede, é um material fácil de manusear e de tirar ou trocar depois, pois não deixa marcas. Você pode optar pelos adesivos mais incrementados que já vêm prontos (alguns, inclusive, sob encomenda) ou comprar várias folhas avulsas e fazer a sua montagem.


03. Abajures e luzes

Use e abuse de abajures e luminárias de piso. Elas ajudam a realçar cantinhos e a deixá-los mais acolhedores. Uma dica é colocar a luz ao lado da cama e de sofás e poltronas e, ainda, sobre aparadores e mesas de apoio. Segundo Simone, uma única luz vindo de cima, tende a "chapar" o ambiente, ao passo que várias fontes de luz dão profundidade e nuances, deixando tudo mais aconchegante. "E, por favor, substitua as lâmpadas de luz branca e fria por luz amarelada e quente", completa.


04. Coisinhas e tal

Decorar a casa com coisinhas suas, como suvenires de viagens e presentes de pessoas queridas deixam a casa com o toque mais pessoal e são itens que, geralmente, você carrega numa mala. "Exponha seus tesouros particulares, aqueles objetos que traduzem quem você é e te fazem sentir acolhido. Pode ser os desenhos dos seus sobrinhos, qualquer coisa que tenha significado para você. É a alma da casa", define Simone.


05. Velas

Taí um item super coringa que, inclusive, personaliza a casa, sabe? Velas vermelhas com aroma de rosas num apê, com cheirinho de baunilha em outro, e por aí vai. As velas podem ser colocadas em quase todos os ambientes: banheiro, sala, quarto, área externa... Além de enfeitar, perfumam. Uma dica bacana é usar várias juntas.


06. Colcha

Eliane prefere as colchas brancas pois, segundo ela, são fáceis de sujar, mas também de limpar. Já Simone é a favor das cores e sugere incluir tecidos estampados, como mantas e até mesmo lenços, que podem ser usados tanto para camas quanto sofás, poltronas e paredes. Vai do gosto de cada um: o importante é escolher um modelo bem bonito.


07. Rede

É barato, é estiloso e é uma delícia! As redes são uma boa aposta para decorar a sala ou até mesmo o quarto. Além das tradicionais de corda, há modelos de náilon, de bambu e até de madeira.


08. Quadros e porta-retratos

Quem vive de aluguel de temporada, geralmente, está longe de familiares e amigos. Então, que tal colocar um porta-retrato diferente e moderninho como este na parede? Elaine acrescenta que quadros também são ótima pedida para decorar a casa com simplicidade, pois você encontra peças em conta e ainda dá charme às paredes.


09. Bancos e pufes

Outra sugestão da arquiteta Elaine é recorrer a bancos e pufes para colocar na sala. Assim, você não gastará tanto com cadeiras e ainda brinca com o ambiente.


10. Cortina

Simone explica que, num imóvel de aluguel de temporada, geralmente, predominam as cores básicas, então, ela sugere que se crie "camadas" sobre este decór. Com cortinas, por exemplo, que deixam sala e quarto mais acolhedores. Podem ser num tom mais neutro, claro, ou de cor quente e original, como uma cortina de miçangas. "Não deixe de acrescentar uma dose de humor e de esquisitice, um elemento inesperado tem o poder de fazer as pessoas se sentirem à vontade", completa a consultora.





Fonte: Secovi do Rio de Janeiro.



Veja também ;

ESPECIAL: Direitos dos pacientes com câncer.

História do Guarujá nos seus 120 anos de fundação.

ELEIÇÔES 2014 - TSE - Sistema de Divulgação de Candidaturas.


****************************************************************************************************************************

Marcelo Gil é Mediador e Conciliador Judicial capacitado nos termos da Resolução nº 125 de 2010, do Conselho Nacional de Justiça, pela Universidade Católica de Santos. Corretor de Imóveis desde 1998, inscrito no CRECI-SP e registrado no Cadastro Nacional de Avaliadores do Cofeci. Especialista em Financiamento Imobiliário e Perito em Avaliações Imobiliárias com atuação no Poder Judiciário do Estado de São Paulo. Pós-graduado em Docência no Ensino Superior pelo Centro Universitário SENAC. Gestor Ambiental, capacitado em Gestão de Recursos Hídricos pelo Programa Nacional de Capacitação de Gestores Ambientais - PNC, do Ministério do Meio Ambiente, inscrito no Conselho Regional de Química da IV Região e no Conselho Regional de Administração de São Paulo, graduado pela Universidade Católica de Santos com Menção Honrosa na área ambiental, atribuída pelo Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas - IPECI, pela construção e repercussão internacional do Blog Gestão Ambiental da Unisantos. Técnico em Turismo Internacional desde 1999. Pesquisador. Agente Intermediador de Negócios. Associado a Associação Brasileira de Defesa do Consumidor - ProTeste. Associado ao Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor - IDEC. Membro da Academia Transdisciplinaria Internacional del Ambiente - ATINA. Membro da Estratégia Global Housing para o Ano 2025. Membro do Fórum Urbano Mundial - Urban Gateway. Membro da Rede Social Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis. Membro do Grupo de Pesquisa 'Direito e Biodiversidade' da Universidade Católica de Santos. Membro da Rede de Educação Ambiental da Baixada Santista - REABS. Filiado a Fundação SOS Mata Atlântica e Colaborador do Greenpeace Brasil.

Contato : (11) 97175.2197, (12) 98195.3573, (13) 99747.1006 /// E-mail : marcelo.gil@r7.com

Skype : marcelo.gil2000i /// Facebook : Corretor Marcelo Gil /// Twitter : marcelogil2000i

No GOOGLE procure por Corretor Marcelo Gil.


****************************************************************************************************************************

  Link desta postagem ;

             
****************************************************************************************************************************

Um comentário:

  1. Conheça todos os tópicos publicados.

    Acesse: www.marcelogil2000i.blogspot.com

    ResponderExcluir